Suspensão da execução com base em oposição

Autor:Helder Martins Leitão
Cargo do Autor:Advogado
Páginas:135-136
RESUMO

Maria da Piedade Santos Almeida, residente na Rua das Malvas, nº 31, em Gondomar, contribuinte nº 110 570 097, e executada no processo em epígrafe,

 
TRECHO GRÁTIS
EXMº SENHOR CHEFE DO 2º SERVIÇO DE FINANÇAS DE GONDOMAR PROC. Nº 0158-04/101311.0 Maria da Piedade Santos Almeida, residente na Rua das Malvas, nº 31, em Gondomar, contribuinte nº 110 570 097, e executada no processo em epígrafe, vem
EXPOR E REQUERER
a V. Exª o seguinte: O nº 4, do art. 169º do C.P.P.T. pontifica que «o executado que nãoder conhecimento da existência de processo que justifique a suspensão da execução responderá pelas custas relativas ao processado posterior à penhora». A aqui requerente, em 7/10/04, fez entrar nesse Serviço de Finanças, uma oposição à executada que, ulteriormente, foi recebida (vide doc. junto). Ora, ao abrigo do ínsito no art. 212º do C.P.P.T., «a oposição suspende a execução, nos termos do presente Código». Termos em que e ao abrigo do disposto no nº 1, do art. 169º do C.P.P.T., se requer a V. Exª se digne ordenar a suspensão da execução até à decisão
...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO